Empreendedorismo: O seu sonho vale a pena? Como começar!

Que o Brasil é o país do empreendedorismo, você já sabe, não é mesmo? Apenas em quatro meses de 2020 foram abertas mais de 700 mil empresas. Mas, no cenário atual, vale a pena ser um empreendedor?  Neste conteúdo, iremos te responder se vale ou não e como começar, confira o post! 

Em 2020, apenas nos primeiros meses, foram abertas mais de 700 mil empresas e isso mostra o porquê do Brasil ser o país do empreendedorismo.

De acordo com o Mapa das Empresas do Ministério da Economia, o saldo total somente do ano passado foi de  3.359.750 empresas abertas. 

Esse número é um recorde histórico, pois representa o aumento de 6% comparado ao ano de 2019. 

Você é um daqueles que ainda não colocou a mão na massa por medo? Ou melhor, ainda não sabe como e muito menos, por onde começar? Confira o conteúdo e descubra! 

BPO Financeiro - Tupi Brazil Solutions

O que é empreendedorismo?

De acordo com a definição do Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas: 

“Ser empreendedor significa ser um realizador, que produz novas ideias através da congruência entre criatividade e imaginação” 

Há muitos motivos que levam uma pessoa a querer ter o seu próprio negócio. Um deles é o desejo de ganhar dinheiro de maneira independente, ou seja, sem ser subordinado a outra pessoa.

Há também situações, com a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, que levou muitas pessoas que perderam os seus empregos a iniciarem a sua própria empresa como fonte de sustento.

Seja qual for o motivo que fez com que você procurasse por empreendedorismo, para se tornar um bom empreendedor é preciso ter:

  • Boa imaginação;
  • Determinação;
  • Autoavaliação;
  • Habilidade de organizar;
  • Habilidade de lidar e de liderar outras pessoas;
  • Capacidade de conhecer de forma técnica etapas e processos.

Hora de agir: Como passar do sonho para um negócio próprio?

Para transformar o sonho do empreendedorismo de negócio próprio em realidade, há alguns passos iniciais que você deve seguir, que são:

Faça uma avaliação sobre o seu perfil de empreendedor

O tipo de empreendedor possui subdivisões, sendo elas: o empreendedor nato, o serial e o tido como normal.

O empreendedor nato é aquele que transforma qualquer negócio em uma empresa que fatura milhões. 

O serial, não tem paixão por um único segmento, mas pelo ato de empreender. Por isso, é comum ser dono de vários negócios distintos.

O empreendedor normal é aquele mais realista, que segue o seu plano de ação com o objetivo de minimizar os riscos do empreendedorismo.

Identificar essa característica é bem importante para saber até onde você pode ir e tende a refletir diretamente no sucesso da(s) sua(s) empresa(s).

Analise qual tipo de empresa irá abrir

Muitas pessoas querem saber mais sobre empreendedorismo, mas não sabem em qual segmento a empresa deve seguir. 

No entanto, definir qual caminho deseja seguir pode lhe ajudar a alcançar melhores resultados.

Portanto, a melhor dica de como chegar a resposta é identificar o que você gosta de fazer e analisar se isso pode ser transformado em um negócio lucrativo. 

Obtenha todas as informações necessárias sobre o negócio

Definindo o tipo de empresa que você gostaria de abrir, o próximo passo é fazer uma análise para verificar se o modelo de negócio vale a pena e se é rentável.

Neste sentido, a melhor maneira de fazer isso é através de uma pesquisa de mercado. Nessa pesquisa, você deve considerar os seguintes pontos:

  • Há muita oferta do produto e/ou serviço que pretende oferecer? 
  • As empresas do mesmo segmento estão tendo público?
  • Em uma crise econômica, o segmento se mantém em atividade?
  • É fácil encontrar fornecedores?

Para saber se o seu negócio pode se tornar rentável, você deve responder às seguintes questões:

  • As pessoas têm interesse no produto/serviço que pretendo oferecer?
  • Tenho algo novo a entregar a elas que chame a atenção?
  • A oferta é temporária, ou se trata de um negócio necessário a longo prazo?
  • Há risco de a minha empresa se tornar obsoleta? 

Crie um plano de negócios

O plano de negócios é um documento no qual você registra os objetivos da sua empresa e quais passos são precisos para alcançá-los.

A organização é essencial para ajudar a identificar quais riscos você pode ter que enfrentar. Com isso, você tem a chance de solucioná-los antes de estar efetivamente em ação.

Um bom plano de ação deve incluir as informações que você levantou na etapa anterior, e também:

  • Qual será o seu planejamento de marketing, ou seja, como pretende divulgar a sua empresa ao público;
  • Quais ações operacionais precisa para tornar o seu projeto realidade;
  • Valores necessários para iniciar a sua empresa, entre outros pontos.

Além disso, você deve ter bem desenvolvido um painel para descrever as áreas do seu negócio, que são:

  • Proposta de valor: qual o diferencial da sua empresa;
  • Atividades-chave: quais produtos/serviços serão oferecidos;
  • Recursos-chave: o que você precisa para oferecê-los;
  • Rede de parceiros: parcerias necessárias para o seu projeto;
  • Segmento de clientes: qual público-alvo deseja impactar;
  • Canais: por onde a empresa irá oferecer as soluções;
  • Relacionamento com o cliente: como será feito o contato com os consumidores;
  • Estrutura de custos: quais os principais gastos do seu negócio;
  • Fluxo de receitas: como será feita a sua remuneração.

Faça uma análise financeira 

Um dos motivos é que você precisa considerar questões como qual o investimento inicial, que inclui pontos como capital social, gastos com infraestrutura, marketing, despesas fixas mensais, custos para abrir um CNPJ, entre outros.

Além disso, é preciso pensar também no capital de giro, que são os recursos financeiros necessários para que a sua empresa se mantenha operando regularmente.

Embora possa parecer um gasto alto, é totalmente possível abrir uma empresa com pouco dinheiro. Há franquias, por exemplo, que podem ser iniciadas com R$5 mil.

Porém, se precisar de valores maiores, você pode verificar a possibilidade de obter crédito com amigos e/ou familiares, em bancos ou financeiras, ou mesmo buscando um investidor-anjo para a sua empresa.

Formalize a sua empresa

Com tudo definido, o último passo do empreendedorismo de negócio próprio consiste em formalizar a sua empresa.

De modo geral, abrir uma empresa no Brasil custa em torno de R$1,5 mil, mas ter o seu próprio CNPJ traz uma série de vantagens.

Por exemplo, ter empresa aberta atribui muito mais credibilidade e profissionalismo para o seu negócio, o que ajuda a atrair e fidelizar clientes. Além disso, facilita o relacionamento com fornecedores, bancos e potenciais investidores.

Neste momento você também vai definir se é melhor ser MEI (Microempreendedor Individual), ME (Microempresa), EI (Empresa Individual), ou outra natureza jurídica. 

Cada uma tem as suas particularidades e regras, que incluem faturamento anual, formação societária, entre outras.

empresa à falência - Tupi Brazil Solutions

Para formalizar o seu negócio ou melhorar a sua gestão, conte com os especialistas da Tupi Brazil Solution! 

Você pôde aprender, ao longo desse conteúdo, como começar no mundo do empreendedorismo, não é mesmo?

Se em algum momento você notar que precisa de ajuda, não há com o que se preocupar, pois você pode contar com uma equipe especialista para cuidar de todos os trâmites necessários para se tornar um gestor ou empreendedor cada vez melhor. 

A Tupi Brazil Solution é mais do que uma das principais empresas no setor contábil no Brasil. 

Há mais de 4 décadas no mercado, a Tupi Brazil Solution tem auxiliado os gestores e empreendedores que desejam abrir e organizar o seu novo negócio no âmbito nacional e internacional.

Gerenciar uma empresa e ser um empreendedor não é uma tarefa simples, mas as questões fiscais e contábeis não devem se tornar um problema para você.

Por isso, é fundamental compreender a importância de se contratar um contador para cuidar de todos os passos ao abrir uma empresa no Brasil, onde o profissional seja consultivo na sua empresa, para atuar em parceria com a sua organização, no desenvolvimento na prática de seus processos e sistemas integrados.

Lembre-se que profissionais qualificados colaboram diretamente para o crescimento da sua organização, evitando que problemas tomem o seu tempo que comprometem o seu crescimento.

Se você precisar de um especialista para te auxiliar na gestão da sua empresa, entre em contato conosco — nós podemos te ajudar!

Preencha o formulário e em breve entraremos em contato

Deixe um comentário